Mão segurando um globo terrestre cheio de árvores
Inovação

Empreendedorismo como instrumento da Inovação Sustentável

Em uma nova economia em que jovens da geração milênio (ou apenas millenials) têm buscado transformar o mundo através de suas iniciativas empreendedoras, é cada vez mais nítido o uso do empreendedorismo como instrumento da Inovação Sustentável.

Pessoas engajadas são o eixo motriz da transformação global, mas é especialmente através das empresas e seus empreendedores que grandes mudanças acontecem por meio de inovações tecnológicas.

E, é neste cenário de transformações que grandes corporações têm percebido o valor desta mudança cultural baseada em quebra de paradigmas e do status quo, pois os empreendedores millenials são, acima de tudo, destemidos quanto às mudanças que possam melhorar a vida das pessoas e transformar o mundo em um lugar melhor.

Inovação Sustentável no Case da Braskem

Homem no palco com apresentação

Um case que exemplifica bem esta sinergia é o da Braskem, gigante brasileira do segmento químico que criou em 2015 um inovador programa de incentivo a empreendedores. Eles estimulam o desenvolvimento de projetos inovadores e de alto potencial para melhorar a qualidade de vida das pessoas através da química e do plástico, reduzindo seu impacto socioambiental.

Este modelo de inovação da Braskem em parceria com a Endeavor, denominado Braskem Labs, oferece capacitação a projetos que a empresa considera que tenham impacto social e ambiental relevante.

Por meio de mentorias ministradas por líderes das duas entidades eles abordam aspectos específicos de cada projeto, bem como, temas gerais do empreendedorismo como gestão, vendas, acesso a capital, sustentabilidade e propriedade intelectual.

Ao final dos quatro meses de capacitação é realizado um Demo Day em que os empreendedores podem apresentar seus projetos a uma plateia de clientes, investidores e outros importantes atores do mercado.

Esta iniciativa posicionou a Braskem no ecossistema de empreendedorismo e inovação brasileiro, além de abrir possibilidades para novos negócios: em 2015, 40% dos projetos capacitados tornaram-se parceiros da empresa.

Iniciativas como esta possibilitam às grandes corporações acesso a novas perspectivas de inovação através dos millenials, posicionando-as na vanguarda do empreendedorismo e aumentando assim sua produtividade, competitividade e resiliência organizacional.

A inovação sustentável dentro das corporações é uma tendência, entenda mais porque é tão importante a inovação estar no DNA das empresas.

Benyamin Fard Benyamin Fard
CEO da Biovita.
Iraniano radicado no Brasil, é empreendedor serial e representante do Stanford Research Institute no Brasil. Graduado em Engenharia Elétrica, com MBA Internacional em Gestão Ambiental (UFPR) e Mestrando em Engenharia e Gestão do Conhecimento (UFSC).

Acredita que a resiliência organizacional é resultado da inovação sustentável, razão que o faz entusiasta por estes temas em todas as suas formas, e em especial quando lideradas por empreendedores através de suas startups.

É músico autodidata apaixonado por rock progressivo, ávido pesquisador de temas ligados à filosofia, história e quântica. É também esposo e pai de dois filhos.