Arte azul com o número 70
SRI International

SRI International comemora 70 anos de inovação

O SRI International celebrou em novembro seu 70º aniversário e inicia seus próximos 70 anos de inovação de alto impacto. Fundado pelos curadores da Universidade de Stanford, em 06 de novembro de 1946, o SRI nasceu com o papel de promover a aplicação da ciência no desenvolvimento da iniciativa privada.

Seu principal objetivo é oferecer novas abordagens disruptivas aos problemas mais urgentes do mundo e transformar ideias em realidade para clientes e parceiros, objetivo este que tem se atingido com grande sucesso desde sua fundação.

Com o intuito de oferecer pesquisa independente, o SRI fornece insights aprofundados e imparciais, impulsionados principalmente pelo impacto social, e não apenas pelas métricas financeiras.

Durante sete décadas, o SRI moldou o futuro criando avanços inovadores em inteligência artificial, comunicações e segurança em rede, robótica, tratamentos para doenças e avaliações de políticas educacionais.

As inovações do SRI tocam nossas vidas todos os dias – quando usamos a Internet, voamos em um avião e nos comunicamos em dispositivos móveis.

P&D do Laboratório para o Mercado

Mulher com óculos de realidade virtual

“Ao longo da história do SRI, vemos como nossa pesquisa em computação, biociências, educação, robótica, engenharia e muitas outras áreas tiveram impacto benéfico globalmente”, afirma William Jeffrey, Ph.D., CEO do SRI International. “Embora o 70º aniversário do SRI seja um marco significativo e um testemunho do valioso papel do SRI no mundo, estamos igualmente entusiasmados com os novos desafios emergentes e ajudamos a definir a agenda para as próximas sete décadas de P&D”.

Com um histórico bem-sucedido de criação de novos empreendimentos e licenciamento de sua tecnologia inovadora, o SRI lançou mais de 60 empresas spin-off, com uma capitalização de mercado total superior a 20 bilhões de dólares até o momento.

“Nossas raízes no Vale do Silício e metodologia de inovação, testada no tempo, permitiram ao SRI nutrir novas tecnologias e aplicações que podem ajudar a resolver alguns dos desafios mais difíceis da atualidade, e pretendemos fazer exatamente isso nos próximos 70 anos e além”, afirma Stephen Ciesinski, presidente do SRI International.

“Como uma das principais organizações de pesquisa e desenvolvimento do mundo, desempenhamos um papel essencial ligando o trabalho científico de agências governamentais a centros de inovação como o Vale do Silício e em todo o mundo. No SRI, aplicamos a pesquisa básica que realizamos para as agências governamentais em oportunidades reais de mercado. Estamos orgulhosos do nosso histórico de criar inovações que mudam o mundo e esperamos alcançar novos patamares”, finaliza.

O SRI alavanca sua pesquisa para criar novas soluções para atender às necessidades do mercado em evolução. Alguns exemplos notáveis incluem:

Aumentando as Capacidades Humanas

Homem grisalho com mosue de madeira na mão

A primeira demonstração do mouse de computador e da computação interativa em 1968, por Doug Engelbart, e a equipe do SRI Augmentation Research Center foi chamada de “a Mãe de Todas as Demonstrações”. A visão de Engelbart para resolver os problemas mais importantes da humanidade usando computadores para aumentar o intelecto humano e melhorar a comunicação e colaboração foi um catalisador para grande parte do trabalho do SRI Augmentation Research Center e se tornou a base da computação pessoal e da Internet. Atualmente, os pesquisadores do SRI continuam a fazer descobertas em informática para melhorar a comunicação, colaboração e interação homem-computador.

Do projeto DARPA C.A.L.O. ao SIRI para Especialistas Virtuais

Tela de celular com botão para microfone

Siri, o primeiro Virtual Personal Assistant (VPA) do mundo, surgiu de décadas de pesquisa de Inteligência Artificial (I.A.) no SRI. A tecnologia foi desenvolvida através do Assistente Cognitivo que Aprende e Organiza (C.A.L.O.) liderado pelo SRI, o maior projeto de I.A. conhecido na história dos EUA. Siri tornou-se uma empresa spin-off do SRI antes de ser adquirido pela Apple.

Agora estão trabalhando na próxima geração de “especialistas virtuais”, com mais conversação baseada em I.A., com um conhecimento mais profundo dos tópicos e compreensão do usuário. Um dos primeiros exemplos de um especialista virtual é spin-off Kasisto Inc., que foca em melhorar a experiência do usuário em dispositivos móveis através de conversação inteligente.

Salvando Vidas ao redor do Mundo

Pessoas de jaleco em um laboratório

O tratamento da malária com Halofantrina foi desenvolvido pelo SRI para o Exército dos EUA na década de 1970 e distribuído pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O tratamento desenvolvido pelo SRI salvou milhões de vidas ao longo dos anos.

Desenvolvimento de Medicamentos para o Câncer

Mulher de jaleco branco com equipamento na mão

Em 2009, a FDA aprovou o Pralatrexate, um tratamento para linfoma periférico de células T. A pesquisa sobre drogas desta classe começou no SRI na década de 1950. Uma colaboração científica subsequente entre o SRI, o Memorial Sloan-Kettering Cancer Center e o Southern Research Institute levou a ensaios clínicos sobre compostos relacionados conduzidos pelo Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, a partir dos anos 80.

Robótica para Melhorar a Qualidade de Vida

Homem de joelhos vestindo uma vestimenta preta de tecnologia

O SRI está aumentando as capacidades físicas com projetos como o Superflex, uma armadura robótica robusta e portátil, que aumenta o sistema musculoesquelético para superar ou prevenir danos causados por lesões ou doenças. A tecnologia agora está sendo usada em um projeto colaborativo com a Parent Project Muscular Dystrophy e Solid Ventures para desenvolver um dispositivo leve e wearable de apoio para pessoas com distrofia muscular.

Originalmente foi desenvolvido, para o programa Warrior Web e financiado pela DARPA, para melhorar o desempenho dos soldados, reduzir o risco de lesões e aumentar o peso do equipamento que os soldados poderiam transporta. Essa tecnologia pode um dia proporcionar desempenho e fortalecimento para pessoas idosas e pessoas que precisam levantar objetos pesados. O SRI lançou recentemente a Superflex Inc. como uma empresa spin-off.

Robótica Médica Avançada

Homens trabalhando em equipamentos

A nova abordagem do SRI para a cirurgia minimamente invasiva levou à formação da empresa spin-off Intuitive Surgical, Inc em 1995. O protótipo do sistema de robô cirúrgico da Intuitive foi desenvolvido no SRI nos anos 80, como parte de um contrato do Exército dos EUA. Hoje, ele é pioneiro em novas abordagens à cirurgia robótica.

Um exemplo recente é a licença de tecnologia robótica de transformação de SRI para Verb Surgical, Inc. A Verb está desenvolvendo uma nova plataforma de cirurgia robótica que irá integrar tecnologias como imagens avançadas, análise de dados e aprendizado de máquinas para permitir uma maior eficiência e melhores resultados em todo o mundo, com ampla gama de procedimentos cirúrgicos.

Melhorando o Ensino e a Aprendizagem para Todos

Mãe e filha com tabletes prata

A Educação do SRI tem se empenhado ativamente na democratização do acesso à aprendizagem desde 1975, quando a Lei de Educação de Indivíduos com Deficiência (IDEA) foi aprovada. Ele concebeu e conduziu o pioneiro Estudo Nacional de Transição Longitudinal, para acompanhar os alunos com deficiência na idade adulta e os gestores públicos confiaram nessa concepção para melhorar o sistema educativo dos EUA.

Monitoramento do Planeta, do Sistema Solar e do Clima Espacial

Planeta terra à noite

Desde a década de 1960, o SRI fornece novos sensores ópticos e de radiofrequência (RF) para medir os impactos climáticos espaciais na Terra. Do satélite Pioneer 6 à série atual de satélites miniaturizados (CubeSat), o SRI fornece instrumentos espaciais inovadores ao DoD (Departamento Norte-americano de Defesa), NASA e NSF.

Pesquisadores do SRI também desenvolveram um radar miniaturizado de baixa potência para detectar mudanças na superfície da Terra e usaram os mais poderosos radares do mundo para detectar os asteroides perto da Terra.

Ao aproveitar as lições aprendidas de mais de cinco décadas de pesquisa, o instituto lançou recentemente a empresa spin-off LeoLabs, Inc. para resolver uma necessidade de mercado no rastreamento comercial de satélites e detritos espaciais.

Os próximos 70 anos do SRI International

Robô azul em cima de uma moto

O SRI International embarca em seus próximos 70 anos de inovação para a transformação global, e a organização está focada em entregar ideias orientadas a objetivos, interfuncionais e colaborativos que ajudarão a resolver desafios críticos e mover soluções em aplicações do mundo real.

“No SRI International, temos a sorte de ter um legado muito consistente e a oportunidade de inovar com base em pesquisas anteriores para criar novas capacidades”, acrescentou William Jeffrey. “Por causa do profundo nível de especialização em diversas áreas de pesquisa e do espírito de colaboração dentro da organização, estou confiante de que os pesquisadores do SRI International continuarão a criar impacto positivo no futuro e resolver problemas que ainda temos que imaginar em nosso mundo cada vez mais complexo. ”

A Linha do Tempo de Inovação do SRI possui uma extensa lista das inovações mais importantes do SRI, incluindo a criação da Internet, o treinamento de combate instrumentado, tecnologias de radar, cirurgia robótica, ultrassom médico e inúmeras outras.

Traduzido e ilustrado por:

Benyamin Fard Benyamin Fard
CEO da Biovita.
Iraniano radicado no Brasil, é empreendedor serial e representante do Stanford Research Institute no Brasil. Graduado em Engenharia Elétrica, com MBA Internacional em Gestão Ambiental (UFPR) e Mestrando em Engenharia e Gestão do Conhecimento (UFSC).

Acredita que a resiliência organizacional é resultado da inovação sustentável, razão que o faz entusiasta por estes temas em todas as suas formas, e em especial quando lideradas por empreendedores através de suas startups.

É músico autodidata apaixonado por rock progressivo, ávido pesquisador de temas ligados à filosofia, história e quântica. É também esposo e pai de dois filhos.